%
 
 

PRINTS DIVERTIMENTO…

Alexandre O'Neill

28.70 25.83

(Conjunto de 28 prints)
Nado e criado na redacção da revista Almanaque, este Divertimento com Sinais Ortográficos surge a partir da “caixinha de tesouros” do designer Sebastião Rodrigues…

QTD

Já Visto

SOBRE

(Conjunto de 28 prints)
Nado e criado na redacção da revista Almanaque, este Divertimento Com Sinais Ortográficos surge a partir da “caixinha de tesouros” do designer Sebastião Rodrigues, quando Alexandre O’Neill abriu orelha sobre o silêncio embaraçado daqueles elementos tipográficos e lhes foi registando as vozes. O resultado viria a ser publicado em 1960, no livro Abandono Vigiado, com esta dedicatória: “A Sebastião Rodrigues, que se divertiu a apurar graficamente este Divertimento. Ao compositor e aos impressores que colaboraram neste livro.”

Uma das homenagens mais nobres que a literatura prestou ao nosso design.
José Cardoso Pires

Detalhes

Autores

Alexandre O’Neill

Envelope

330X440mm

Prints

300x400mm

Impressão

1 cor, preto

Papel

Print Speed, 225g

AUTOR

O'Neill (Alexandre), moreno português, cabelo asa de corvo nasceu a 19 de dezembro de 1924, em Lisboa, e morreu a 21 de agosto de 1986, na mesma cidade. Para além do ofício poético, Alexandre Manuel Vahía de Castro O'Neill de Bulhões trabalhou regularmente em publicidade, o que lhe permite, como dizia: "viver de versos e sobreviver da publicidade". Fundador do Grupo Surrealista de Lisboa, do qual se viria a desvincular mais tarde, Alexandre O’ Neill viveu sempre da sua escrita, fosse na publicidade, televisão, cinema, teatro ou como cronista em diversos jornais, assinando colunas regulares no Diário de Lisboa, n’A Capital, assim como em revistas, como aconteceu na histórica Almanaque (1959-61), onde fez parte da da distinta redacção que contava com Sebastião Rodrigues, José Cardoso Pires, Luís de Sttau Monteiro, João Abel Manta, entre outros, e onde um dia surgiu o « Divertimento com sinais ortográficos » que agora publicamos.

SE ME PUSERES SERÁS A MAIS BONITAS DAS MULHERES...