SE AS MAÇÃS TIVESSEM DENTES

Se as maçãs tivessem dentes, o que aconteceria? Morderiam-nos, claro! E se fizessem cócegas aos picles? Não amargavam nicles. Se abrirem este livro, também vão descobrir o que aconteceria se as tartarugas fossem galinhas, se os cogumelos tivessem cabelos, e outras absurdas e divertidas “se…tuações”. Publicado originalmente em 1960, este foi o primeiro livro que Shirley e Milton Glaser fizeram em conjunto. Uma lista de todo o tipo de objectos e animais que desafiam definições e nos arrastam para um mundo sem sentido e disparatado repleto de ilustrações de cores vibrantes que conseguem ser tão divertidas e improváveis como o texto. Um livro hilariante, colorido, cuja fórmula vai ficar connosco e alastrar a tudo à nossa volta.

FOLHEAR     ACTIVIDADES     SABER +

DETALHES


TEXTO: Shirley Glaser

ILUSTRAÇÃO: Milton Glaser

FORMATO: 175X220mm

PÁGINAS: 36

ISBN: 978-989-8166-32-6

PREÇO: 14.00 €

UM DIA DE LOUCOS…

“Um dia de loucos: Trinta ossos duros de roer” é um dos cerca de noventa programas de rádio para crianças que Walter Benjamin, um dos mais influentes pensadores do século XX, escreveu e apresentou na rádio alemã entre 1927 e 1933. Transmitidos entre a Rádio Berlim e Rádio Frankfurt, estes programas de Benjamin abrangiam uma fascinante variedade de tópicos: o terramoto de Lisboa, a erupção do Vesúvio, a inundação do rio Mississipi, e muitos mais. Neste texto em particular, Benjamin propõe uma história intrigante e divertida sobre as peripécias da personagem principal na busca da solução para uma adivinha. Enquanto a lemos, somos desafiados a encontrar 15 erros e a responder a 15 perguntas. Cada resposta correta para uma pergunta vale dois pontos, porque muitas das perguntas são mais difíceis de responder do que os erros são de encontrar. Todas as soluções são apresentadas no final (não vale espreitar). Aceitam o desafio?  Bruaá

FOLHEAR     ACTIVIDADES     SABER +

DETALHES


TEXTO: Walter Benjamin

ILUSTRAÇÃO: Marta Monteiro

FORMATO: 223x286mm

PÁGINAS: 40

ISBN: 978-989-8166-31-9

PREÇO: 15.00 €

CÉU DE SARDAS

A Sofia e a Camila são duas amigas. A Sofia tem muitas pintinhas e a Camila tem sardas. A Camila contou à Sofia que foi a Via Láctea que lhe caiu em cima. Mas como toda a gente sabe, as estrelas não brilham na pele. Por isso, aquelas que caíram resolveram viver disfarçadas de sardas. O jogo preferido da Sofia e da Camila é andar pela pele uma da outra a explorar, a desenhar a sua amizade entre pintas e sardas. Durante o jogo todo o tipo de desenhos começam a surgir: números, animais, caminhos, paisagens e todas as histórias que conseguem inventar. Um jogo que também nós vamos poder jogar.  Bruaá

FOLHEAR     ACTIVIDADES     SABER +

DETALHES


TEXTO: Inês D’Almëy

ILUSTRAÇÃO: Alicia Baladan

FORMATO: 185x210mm

PÁGINAS: 24

ISBN: 978-989-8166-30-2

PREÇO: 13.90 €

O URSO QUE NÃO ERA

O Urso sabia que quando os gansos voavam para sul, e as folhas começavam a cair das árvores, era sinal que o inverno estava para chegar e que em breve a floresta ficaria coberta pela neve. Era altura de hibernar. No entanto, quando alguns meses depois acorda, o urso não terá a floresta à sua espera, mas sim uma enorme fábrica que ali foi construída enquanto dormia. Onde estava a floresta? Onde estava a erva? Onde estavam as árvores? Onde estavam as flores? Que sítio era aquele? O urso sente-se perdido naquele sítio estranho, mas mais perdido vai ficar quando na fábrica todos lhe dizem que ele não é um urso, mas sim um homem tonto que precisa de fazer a barba e usa um casaco de peles. Será que o urso os vai conseguir convencer do contrário? Publicado em 1946, este texto hilariante e absurdo de Frank Tashlin contém todas as marcas de uma obra-prima intemporal. Um livro imprescindível para ursos e humanos de todas as idades.  Bruaá

FOLHEAR     ACTIVIDADES     SABER +

DETALHES


TEXTO: Frank Tashlin

ILUSTRAÇÃO: Frank Tashlin

FORMATO: 138X215mm

PÁGINAS: 64

ISBN: 978-989-8166-29-6

PREÇO: 13.50 €

CÃOPÊNDIO

Mais de meio século depois da sua primeira edicão, decidimos dar nova vida a este precioso livrinho da autoria de um artista em nada inho, antes pelo contrário, bastante ão, ão. O livrinho que parecia cãodenado ao esquecimento, à semelhança do seu autor, é um Cãopêndio onde o leitor entra em cãotacto com raras espécies caninas representadas pela característica linha de Tóssan, o cãostrutor desta cómica galeria onde somos mesmo cãovidados a deixar a nossa cãotribuição numa página expressamente deixada em branco para o efeito, algures entre o cãoserva e o cãodeirão. Podem fazer a cãoneta, mas acãoselhamos lápis. Fiquem então na cãopanhia do humor de Tóssan e dos sempre fiéis «amigos cães, responsáveis por esta cão incidência.»  Bruaá

FOLHEAR     ACTIVIDADES     SABER +

DETALHES


TEXTO: Tóssan

ILUSTRAÇÃO: Tóssan

FORMATO: 128X163mm

PÁGINAS: 72

ISBN: 978-989-8166-23-4

PREÇO: 9.50 €

A CASA QUE VOOU

Chegar a casa depois de um dia de trabalho e encontrá-la a voar. Ora aí está uma situação aborrecida. O que fazer? A quem pedir ajuda? Já se sabe que as casas não vêm com manual de instruções, mas mesmo que isso acontecesse, será que alguém se lembraria de incluir um capítulo sobre casas voadoras? Esta história é sobre esse raro fenómeno: uma casa que, sem mais nem menos, decide descolar. E como para casos raros a solução nunca está à mão, e nem mesmo ao pé, o dono desta casa não sabe o que fazer. Por onde começar quando a nossa casa levanta voo? Bombeiros? Polícia? Gabinete de Facilitação e Segurança na Aviação Civil? Nada fácil, mesmo. As casas, como tudo o que é importante e essencial na nossa vida, não se devem perder de vista.  Bruaá

FOLHEAR     ACTIVIDADES     SABER +

DETALHES


TEXTO: Davide Cali

ILUSTRAÇÃO: Catarina Sobral

FORMATO: 190X260mm

PÁGINAS: 32

ISBN: 978-989-8166-27-2

PREÇO: 14.00 €

E TU, VÊS O QUE EU VEJO?

Que livro é este? Que animal é este? Segura a página contra a luz e verás.
Na maioria dos livros olhamos para a página de forma a ver as ilustrações, mas neste não. Para vermos a ilustração completa, e encontrar a solução para a adivinha proposta por uma pequena pista, há que olhar através das páginas. Criado por Ed Emberley no final dos anos 70, este livro-jogo nasceu sem prazo de validade. O seu design mantém-se fresco, e o original e engenhoso jogo de transparências demonstra uma vez mais a qualidade interactiva do papel, que não pára de surpreender leitores de todas as idades. Sem pilhas para gastar, este livro vai ser difícil de pousar. Bruaá

FOLHEAR     ACTIVIDADES     SABER +

DETALHES


TEXTO: Ed Emberley

ILUSTRAÇÃO: Ed Emberley

FORMATO: 196X258mm

PÁGINAS: 32

ISBN: 978-989-8166-26-5

PREÇO: 13.00 €

O REGRESSO

Um livro sem palavras que nos diz tanto. Uma narrativa onde vemos reflectidos todos os nossos regressos e todos os reencontros nessa casa comum à qual desejamos sempre voltar. Regressamos a recordações de espaços, cheiros, sons e pessoas que nos acolhem na sua mesmice ou com a surpresa de pormenores que nos atingem pela primeira vez. Com o regresso vem o desarrumo das malas e das ideias que levávamos bem aconchegadas quando partimos. Mas acima de tudo, e porque nem tudo cabe nas malas, porque excede o peso, regressamos para renovar forças nos lugares, nas palavras e nos abraços de quem nos espera. Porque tudo começa e acaba na família, regressamos e regressaremos sempre. Bruaá

DETALHES


ILUSTRAÇÃO: Natalia Chernysheva

FORMATO: 240X180mm

PÁGINAS: 36

ISBN: 978-989-8166-25-8

PREÇO: 12.50 €

AMIGOS DO PEITO

Neste livro somos levados pela mão de um menino que mora num bairro como tantos outros. Ele quer falar-nos de amigos, amigos do peito. Para isso, o menino leva-nos pelas ruas do seu bairro. Por sinal, este bairro é muito parecido com o nosso: há uma escola, um bar, uma casa à esquina, um jardim, prédios. Mas as ruas e as casas não são as únicas coisas que nos parecem familiares, também a voz do menino nos soa familiar, bastante semelhante à nossa… E os amigos de quem ele fala parecem ser os nossos, porque todos temos amigos do peito e todos brincamos com eles num bairro qualquer: este espaço comum que nos recorda que somos todos feitos de amigos e sítios, e que nos faz estremecer por dentro quando os revemos. Um texto poético de Cláudio Thebas maravilhosamente interpretado e amplificado nas belíssimas ilustrações de Violeta Lópiz. Bruaá

DETALHES


TEXTO: Cláudio Thebas

ILUSTRAÇÃO: Violeta Lópiz

FORMATO: 200X280mm

PÁGINAS: 32

ISBN: 978-989-8166-24-1

PREÇO: 13.50 €

HERBERTO

Herberto é uma lesma e para ele a vida não podia correr melhor. A sua ocupação diária: comer montanhas de alface com os seus amigos até a sua barriga ficar cheia e ser hora de dormir. No entanto, um dia, mais um em busca da alface mais saborosa que possa encontrar, Herberto cruza-se com alguns animais muito ocupados nas suas criações. Admirado com as capacidades extraordinárias que demonstram, Herberto elogia estes verdadeiros artesãos, enquanto secretamente deseja criar como eles. Mas não consegue. Pelo menos assim o pensa. As boas notícias serão dadas por uma mariposa. Este é o primeiro livro de Lara Hawthorne, uma autora que certamente deixará um rastro na nossa memória com esta história sobre a necessidade de criar que levamos dentro de nós. Afinal, todos nascemos artistas. Não é assim, senhor Picasso? Bruaá

DETALHES


TEXTO: Lara Hawthorne

ILUSTRAÇÃO: Lara Hawthorne

FORMATO: 235x165mm

PÁGINAS: 24

ISBN: 978-989-8166-22-7

PREÇO: 12.50 €

ESTAVA A PENSAR…

Uma cena de todos os dias: um adulto apressado tenta que uma criança obedeça ao seu ritmo e aos seus pedidos. Do outro lado, uma imaginação sem horários e sem pressas que parece crescer a cada frase impaciente do adulto. Dois mundos em rota de colisão de onde sobressai o mantra “Estava a pensar…”, uma torrente de pensamento nascida da constante curiosidade pelo mundo e do encantamento pelas coisas que nos rodeiam, desde as partículas de pó que flutuam e brilham ao sol até aos números mais selvagens que ousemos pensar: um bilião, um zilião, um muitilião, um gorilião, um rinocerilião, um elefantilião. Um livro que celebra a liberdade de sonhar acordado e que nos lembra os versos do poeta: “Podeis dar-lhes o vosso amor mas não os vossos pensamentos / porque eles tem pensamentos próprios. Podeis acolher os seus corpos;/ mas não as suas almas,/ porque as suas almas habitam a casa de amanhã/ que não podeis visitar,/ nem sequer em sonhos.” Bruaá

DETALHES


TEXTO: Sandol Stoddard

ILUSTRAÇÃO: Ivan Chermayeff

FORMATO: 240x180mm

PÁGINAS: 32

ISBN: 978-989-8166-21-0

PREÇO: 14.00 €

GUARDA COMO UM SEGREDO

Quando alguém nasce inauguram-se sempre duas novas realidades: a de um bebé e a daqueles que lhe dão as boas-vindas e se vêem confrontados com o que dar, mostrar ou dizer a quem acaba de chegar a este mundo não sabendo nada ou quase nada. Como receber da melhor maneira este novo membro da família e apresentá-lo aos mistérios da vida? Por onde começamos com esta bela criatura adormecida? Por um brinquedo para ele ver, por algo perfumado para ele cheirar? Podemos dar-lhe uma maçã, uma folha ou mostrar um pedaço de neve. Mas será que ele vai entender? Tudo o que ele sabe é ainda muito pouco, embora já saiba que quer alguém a segurá-lo bem apertado. Talvez o melhor será partir em busca de tudo o que neste mundo queremos partilhar com ele e guardá-lo em canções, guardar tudo como um segredo que só a ele pode ser confiado, para que saiba que é algo de especial, algo de bom neste seu primeiro dia na Terra. Bruaá

DETALHES


TEXTO: Sandol Stoddard

ILUSTRAÇÃO: Ivan Chermayeff

FORMATO: 240x180mm

PÁGINAS: 32

ISBN: 978-989-8166-20-3

PREÇO: 14.00 €

UM NOME PARA O CÃO

Este livro faz-se com a conversa entre um rapaz e uma rapariga que tentam dar um nome a um cão. Que género de cão? Não sabemos. O cão ainda não existe, ou melhor, existe mas ainda não lhes pertence. Mas será um ele ou uma ela? Dar um nome a um animal é um assunto muito sério e nem sempre fácil, especialmente se houver um casamento em jogo e os noivos não conseguirem chegar a um acordo. As escolhas são infinitas, porque há nomes mais alegres que outros, nomes só com quatro letras, nomes com cores, nomes de sítios como Faro ou Casablanca, nomes que para nós são simples, mas para outros complicados. E como será o cão? Amigável? Corajoso? Grande ou pequeno? Já alguém baptizou um cão de Tenente-General? Se estão a pensar nisso, fiquem a saber que já existe um chamado Major-General. Já agora fiquem também a saber como acaba esta conversa. Se é que ela acaba… Bruaá

DETALHES


TEXTO: Ivan Chermayeff

ILUSTRAÇÃO: Ivan Chermayeff

FORMATO: 165x235mm

PÁGINAS: 32

ISBN: 978-989-8166-19-7

PREÇO: 13.00 €

O JARDIM DE BABAÏ

“O Jardim de Babaï é um livro “enganador” na sua aparente simplicidade de recursos. À primeira vista parece que nos deparamos com um relato construído sobre um conhecido modelo dos contos de tradição oral, acompanhado de belas ilustrações. Num primeiro encontro com o livro talvez a nossa atenção seja atraída pela presença de duas línguas, percursos de leitura em direcções contrárias, a técnica da ilustração e pouco mais. No entanto, são estes elementos construtivos e outros que, se olhados com maior atenção, nos darão conta de um livro deliberadamente ambíguo, aberto, propiciador de uma actividade intensa e inesgotável de produção de significados por parte do leitor.” Marcela Carranza

DETALHES


TEXTO: Mandana Sadat

ILUSTRAÇÃO: Mandana Sadat

FORMATO: 205x305mm

PÁGINAS: 32

ISBN: 978-989-8166-18-0

PREÇO: 14.00 €

ARTURO

«De repente, virei a cabeça e tu já não estavas. Perdeste-te?», diz Arturo, ao aperceber-se que ficou sozinho. Quem o passeava desapareceu. Dessa pessoa nada sabemos: homem ou mulher, rica ou pobre, nova ou velha, porque talvez nada disso interesse a um cão. Basta-lhe o facto de ser o seu dono e companheiro. Apenas isso para que ao longo do livro nos revele o seu amor incondicional numa procura incessante, numa construção de um antigo e bem conhecido modelo de entrega, dádiva e amizade que nada pede em retorno. Arturo limita-se a sublinhar o que já sabemos sobre o melhor amigo do homem. Ele, protector da solidão, fonte de consolo e companhia para o humano, encontra-se agora só. Quem o consolará a ele? Quem o levará a passear novamente aos sítios costumeiros, quem lhe pedirá para repetir todos os truques que ele é tão bom a fazer? Bruaá

DETALHES


TEXTO: Davide Cali

FOTOGRAFIA: Ninamasina

FORMATO: 256x158mm

PÁGINAS: 40

ISBN: 978-989-8166-17-3

PREÇO: 12.50 €

A RAINHA DAS RÃS NÃO PODE MOLHAR OS PÉS

“Era uma vez um lago, e nesse lago havia rãs. Rãs que passavam os dias a fazer coisas de rãs: saltavam e apanhavam moscas, dormiam sestas ou brincavam com as libélulas”, ao fim e ao cabo, bichos tão parecidos connosco no partilhar da fragilidade das rotinas. Mas a segurança oferecida pela repetição, revela-se afinal sempre débil quando quebrada pelo imprevisto, pela mínima variação do curso natural das coisas. Tal e qual como acontecerá as estas rãs e ao seu mundo, quando algo vindo do céu, PLOC, cai no lago onde vivem e faz com que se juntem os ingredientes necessários para observarmos um jogo de causa e consequência, numa série de acontecimentos imprevisíveis, onde tanto personagens como leitores estão longe de imaginar o final desta história. Bruaá

DETALHES


TEXTO: Davide Cali

ILUSTRAÇÃO: Marco Somà

FORMATO: 178x258mm

PÁGINAS: 36

ISBN: 978-989-8166-16-6

PREÇO: 13.50 €

O TIGRE NA RUA

Da mesma forma que pensamos e nos admiramos como pode um tigre, sem mais nem menos, aparecer na rua, tal como no poema de Daniil Harms, também com igual surpresa reagimos ao facto da poesia andar tão arredada do dia-a-dia de tanta gente. Rendidos aos lugares comuns, impávidos e serenos face à uniformização cultural, adormecidos por discursos palavrosos, assistimos ao delapidar do carácter luminoso e dissonante da palavra. Razões mais que suficientes para que todos os momentos sejam poucos para celebrar a poesia e nela encontrarmos o contraponto e a resistência perante este estado de coisas. Assim surge este livro: mais uma porta, ou janela, se preferirem, para a poesia. Uma colheita de poemas que é um pequeno contributo para que, de facto, possamos ir ao encontro de uma realidade ainda um pouco distante, ou seja, uma verdadeira diversidade na oferta deste género, pois se as boas antologias de poesia portuguesa para infância são raras e, por vezes, pouco diversas em conteúdo, o que dizer da praticamente inexistente tradução de poesia estrangeira. Bruaá

DETALHES


TEXTO: Vários autores

ILUSTRAÇÃO: Serge Bloch

FORMATO: 164x238mm

PÁGINAS: 40

ISBN: 978-989-8166-15-9

PREÇO: 14.00 €

NA FLORESTA DA PREGUIÇA

Depois de uma brilhante estreia com Popville, Anouk Boisrobert e Louis Rigaud confirmam neste segundo livro o talento que lhes foi unanimemente reconhecido pela crítica internacional. Desta feita, com a participação de Sophie Strady, autora do poético texto que encontramos neste livro, e que começa desta forma: Tudo é verde, tudo é vida na floresta da preguiça. Gorjeiam os pássaros, enroscam-se os gatos à sombra das palmeiras, os papa-formigas aspiram insectos como que através de uma palhinha… e a preguiça – estás a vê-la? (…) Estás a vê-la?, a pergunta repetida em quase todas as páginas, a pergunta que ecoa e nos convida a entrar num jogo de descoberta de um verdadeiro mundo de detalhes da fauna e flora amazónica. Transformados em exploradores, procuramos uma preguiça, um animal indefeso e alheio à eminente destruição levada a cabo pelas ruidosas máquinas dos madeireiros. Bruaá

DETALHES


TEXTO: Sophie Strady

ILUSTRAÇÃO: Anouk Boisrobert e Louis Rigaud

FORMATO: 163x303mm

PÁGINAS: 14

ISBN: 978-989-8166-14-2

O URSO E O GATO SELVAGEM

Um dia de manhã, o urso estava a chorar. O seu amigo passarinho tinha morrido. Eis as primeiras frases de um livro singular e comovente, cujo texto poético e depurado nos envolve numa atmosfera de emoções profundas, despoletadas pelos temas da amizade e da morte: o suportar a perda de um amigo, o luto que se desenrola entre a solidão e a revolta, a incompreensão, as memórias, a despedida e a promessa de um novo começo. A eloquência da história de Kazumi Yumoto dá-nos a conhecer um urso consumido pela tristeza provocada pelo desaparecimento do seu amigo. Incapaz de aceitar o sucedido e adiando a despedida eminente, tudo mudará ao conhecer um gato selvagem que o ajudará a recuperar e a seguir caminho. Bruaá

DETALHES


TEXTO: Kazumi Yumoto

ILUSTRAÇÃO: Komako Sakai

FORMATO: 238x186mm

PÁGINAS: 48

ISBN: 978-989-8166-08-1

PREÇO: 14.00 €

ESQUECI-ME COMO SE CHAMA

10 textos da obra infantil de uma das vozes mais originais da literatura russa do séc. XX: Daniil Harms. Uma boa amostra da sua produção para a infância, onde, como poucos, consegue captar o dia-a-dia, as brincadeiras e comportamentos infantis, juntando-lhes fantasia e absurdo quanto baste. Tudo é jogado dentro de um contrariar de expectativas do leitor face a convenções. O uso de fórmulas já interiorizadas, como o conto tradicional ou a fábula, apenas serve os seus interesses no sentido da desconstrução: as suas narrativas encaminham-se sempre no sentido contrário do expectável, desafiando-nos constantemente e acolhendo o leitor como um igual num constante jogo de linguagem que nos encoraja a descobrir o outro lado do espelho, inaugurando novas realidades e, em última instância, a transformar o mundo. Bruaá

DETALHES


TEXTO: Daniil Harms

ILUSTRAÇÃO: Gonçalo Viana

FORMATO: 193x241mm

PÁGINAS: 48

ISBN: 978-989-8166-13-5

PREÇO: 14.00 €

NA NOITE ESCURA

Para entendermos o livro “Na Noite Escura”, devemos começar por dizer que no princípio era o livro ilegível: um género de livro sem texto, cujas imagens abstractas se vão transformando ao folhear as páginas. Segundo Munari, estes livros tinham como finalidade experimentar todas as opções de comunicação visual e técnicas de impressão que não envolvessem palavras. Assim surge o livro “Na Noite Escura”. Um objecto que reconfigura a relação com o leitor ao aliar o lado visual ao desafio proposto pelos próprios materiais que passam também eles a ser agentes da narração. Nada é acessório neste livro, todos os aspectos visuais e materiais interligam-se para construir uma estrutura una e indivisível, plena de sentido. Uma verdadeira obra-prima saída das mãos de um dos mais influentes designers do séc. XX. Bruaá

DETALHES


TEXTO: Bruno Munari

ILUSTRAÇÃO: Bruno Munari

FORMATO: 160x230mm

PÁGINAS: 56

ISBN: 978-989-8166-11-1

PREÇO: 22.00 €

ISTO OU AQUILO?

É uma cegonha? É uma tesoura? É isto ou aquilo, conforme o nosso olhar quiser. 47 anos depois da sua edição original, na Checoslováquia, com o título Co se cemu podobá?, eis que nos chega mais um livro intemporal. Sobrepondo um acetato raiado sobre a ilustração, e deslocando-o para a esquerda ou para direita, descobrem-se duas imagens diferentes na mesma página: uma cegonha que se transforma numa tesoura, uma borboleta em livro, um serrote em crocodilo, etc. Esta técnica, bastante usada nos países de Leste entre os anos 60 e 80, foi criada pelo artista checo Jirí Kolár e é apelidada de Rollage, podendo ser apreciada em algumas das obras deste artista. Isto ou aquilo? revela-se assim como um óptimo exemplo de contaminação entre experimentação artística e design editorial. Bruaá

DETALHES


TEXTO: Dobroslav Foll

ILUSTRAÇÃO: Dobroslav Foll

FORMATO: 235x115mm

PÁGINAS: 16

ISBN: 978-989-8166-10-4

PREÇO: 13.00 €

O ARENQUE FUMADO

Escrito e publicado em 1872, primeiramente numa versão em prosa, aparece em verso na colectânea de textos de Cros Le Coffret de Santal em 1873. O sucesso deste poema, decorado e dito por gerações de franceses até aos nossos dias, tal como outros textos de Charles Cros, contribuem para o aparecimento do monologue fumiste, género muito divulgado pelo humorista Coquelin Cadet, que encoraja Cros e outros escritores a escrever novos textos que obedeçam a esta estrutura: texto cómico, curto, com uma só personagem e de ritmo rápido. Admirado por Edward Gorey, este terá sido um dos primeiros a ilustrar este texto traduzido para o inglês por Alphonse Allais. André Breton inclui este poema na histórica “Antologia do humor negro” onde, no texto de apresentação, ressalta “a proeza que resultou ao fazer rodar em vazio o moinho poético no Arenque Fumado”. Bruaá

DETALHES


TEXTO: Charles Cros

ILUSTRAÇÃO: André da Loba

FORMATO: 115x206mm

PÁGINAS: n/a

ISBN: 978-989-8166-09-8

PREÇO: 9.90 €

POPVILLE

Ao enveredar pela técnica pop-up, alguns autores não têm conseguido resistir à construção de uma espécie de livro-espectáculo, onde cores, formas e volumes se atropelam e lutam ruidosamente entre si. Talvez isto explique a recepção que Popville teve a nível mundial. Um livro que surgiu contracorrente, numa verdadeira lição dessa rara sobriedade e elegância gráfica. Logo na primeira página deste livro, onde a quietude de uma paisagem pontificada por uma igreja isolada, acompanhada por algumas árvores, encontramos o primeiro parágrafo de uma narrativa sobre a evolução de uma paisagem urbanística, desarmante na sua simplicidade, onde sentimos a passagem do tempo página após página. Uma curta-metragem onde cada leitor define o seu guião e a sua banda sonora, à medida que cidade cresce e ecoa em si. Bruaá

DETALHES


TEXTO: Joy Sorman

ILUSTRAÇÃO: Anouck Boisrobert e Louis Rigaud

FORMATO: 195x260mm

PÁGINAS: 18

ISBN: 978-989-8166-07-4

PREÇO: 16.50 €

QUEM QUER UM RINOCERONTE BARATO?

Todos sabem que os benefícios de ter um rinoceronte em casa são imensos. Ou não? Para aqueles que nunca pensaram nisso, este é o livro onde finalmente se explica o que este fantástico mamífero perissodáctilo é capaz de fazer para além de ruminar nas savanas e florestas tropicais da África e Ásia. Se nunca conseguiram decidir qual o melhor animal de estimação para vossa casa, não desesperem. Eis a solução que vos fará esquecer hamsters, chinchilas, iguanas, porquinhos-da-Índia e outros que tais. Ainda por cima, é um rinoceronte barato, fácil de tratar e cheio de talentos. É verdade que há alguns problemas em ter um bichinho destes em casa, mas o que é que isso interessa quando ele nos aquece nas noites frias de inverno e faz desaparecer as más notas da escola antes que os pais as vejam. Bruaá

DETALHES


TEXTO: Shel Silverstein

ILUSTRAÇÃO: Shel Silverstein

FORMATO: 250x213mm

PÁGINAS: 60

ISBN: 978-989-8166-06-7

PREÇO: 13.63 €

LÁGRIMAS DE CROCODILO

Publicado em 1956, “Lágrimas de crocodilo” é unanimemente considerada como uma obra que ainda hoje se destaca pela sua qualidade artística e indiscutível originalidade. Logo após a sua publicação, este livro, que com um inteligente jogo paratextual nos faz recordar simultaneamente uma caixa e um envelope, obtém, com a edição americana, o New York Times Best Illustrated Books rapidamente se multiplica em edições por todo o mundo, acabando por ser traduzido em 14 línguas. 54 anos depois da sua primeira edição, é para nós uma enorme honra publicar pela primeira vez este autor e este livro em Portugal. Um relato textual e pictórico deliciosamente absurdos e admiravelmente limpos de impurezas. Uma insólita viagem-explicação ou uma explicação-viagem que ninguém se vai importar de repetir… até às lágrimas. Bruaá

DETALHES


TEXTO: André François

ILUSTRAÇÃO: André François

FORMATO: 270x90mm

PÁGINAS: 40

ISBN: 978-989-8166-05-0

PREÇO: 16.50 €

O LIVRO NEGRO DAS CORES

Numa tentativa de passar a experiência da cegueira, este livro, da autoria de duas artistas venezuelanas, é uma experiência triunfante de leitura. Texto branco em páginas negras, encimado por braille; na página oposta, também negra, as imagens sugeridas pelo texto estão impressas em veniz espessurado, convidando o leitor a tocá-las. “O Tomás – começa o narrador – diz que o amarelo sabe a mostarda, mas é suave como as penas dos pintainhos”. O vermelho “dói”, o castanho “estala” e o verde “sabe a gelado de limão”. São afirmações vindas de alguém que já meditou bastante sobre o assunto. No entanto, “…o preto é o rei das cores. É suave como a seda quando a mãe o abraça e o envolve com o seu cabelo.” Seria um erro entender este livro como uma mensagem sobre a compensação dos outros sentidos na cegueira; essa interpretação não faz justiça a tudo aquilo que o Tomás nos oferece quando saboreia, sente, ouve e cheira as cores. Publishers Weekly

DETALHES


TEXTO: Menena Cottin

ILUSTRAÇÃO: Rosana Faria

FORMATO: 280x170mm

PÁGINAS: 28

ISBN: 978-989-8166-04-3

O PONTO

Eis um breve e simples livro que diz tanto. A Vera está sentada com um papel em branco à sua frente e garante:“Eu não sei desenhar!”. A professora pede-lhe: “Tenta fazer uma marca qualquer e vê onde ela te leva.” A Vera crava um ponto na folha e a professora pede-lhe que assine. Na semana seguinte, a Vera vê o seu ponto “numa magnífica moldura dourada”. A partir daí, a Vera irá explorar a sua criatividade(…) Reynolds inspira-nos e a forma como finaliza a história dá vontade de abraçar o livro. Este não é um daqueles livros que leva mensagens escondidas, simplesmente uma terna história que ecoará em todas as idades. Children’s Literature

DETALHES


TEXTO: Peter Reynolds

ILUSTRAÇÃO: Peter Reynolds

FORMATO: 213x198mm

PÁGINAS: 32

ISBN: 978-989-8166-03-6

PREÇO: 13.12 €

A GRANDE QUESTÃO

Álbum premiado, que evidencia uma expressividade e uma sensibilidade raras, este livro do alemão Wolf Erlbruch, o terceiro publicado pela editora Bruaá, propõe, com uma simplicidade invulgar, uma reflexão acerca de uma questão complexa, filosófica, numa palavra, ”grande”: por que motivo(s) estamos no mundo? É esta dúvida – materializada no próprio título – que desencadeia o conjunto de respostas que compõem esta obra. À grande qualidade visual das ilustrações, a ocuparem páginas duplas e compostas a partir de uma técnica mista, associa-se um texto verbal simultaneamente conciso e insólito, sério e humorístico, simples e questionador. (…) A singularidade da construção verbo-icónica, bem como a inclusão, no final, de uma folha pautada onde se pressupõe o registo de outras respostas à questão, à medida que se for crescendo, parecem comprovar a variedade de níveis de leitura que esta obra estimulante possibilita. Sara Reis da Silva, Casa da Leitura

DETALHES


TEXTO: Wolf Erlbruch

ILUSTRAÇÃO: Wolf Erlbruch

FORMATO: 175x300mm

PÁGINAS: 52

ISBN: 978-989-8166-02-9

EU ESPERO

“Eu espero” é um livro que fala das coisas pelas quais se espera na vida. Quando se é pequeno, esperam-se pequenas coisas: que o bolo esteja bom, que chegue o Natal, um beijo antes de adormecer; depois, ao crescer, esperamos coisas maiores: o amor ou o fim da guerra. Fiz sempre banda desenhada e livros humorísticos, mas, recentemente, senti a necessidade de escrever um livro sobre o sentido da vida. Assim nasceu “Eu espero”. O livro conta as coisas que se passam na vida com frases curtas, mas principalmente com imagens simples e ternas, desenhadas por Serge Bloch. A vida é feita de acontecimentos alegres ou tristes; o mesmo se passa em “Eu espero”: o amor, o casamento, mas também a doença e a morte. Se bem que repleto de emoção, não se pode considerar um livro triste. Talvez seja o meu melhor livro até hoje (…) Davide Cali

DETALHES


TEXTO: Davide Cali

ILUSTRAÇÃO: Serge Bloch

FORMATO: 115x280mm

PÁGINAS: 56

ISBN: 978-989-8166-01-2

PREÇO: 13.73 €

A ÁRVORE GENEROSA

Este livro é o mais conhecido do escritor e ilustrador norte-americano Shel Silverstein. O clássico, escrito em 1964, comoveu gerações com a história de uma árvore e um menino. Com poucas palavras, Silverstein fala da relação entre o homem e a natureza, onde uma árvore oferece tudo a um menino, que a deixa de lado ao crescer ao mesmo tempo que se torna num homem egoísta. Mas para agradar ao menino que ama, a generosidade desta árvore não tem fim – ainda que isto signifique a sua própria destruição. Em primeiro plano, uma lição de consciência ecológica: o homem pequeno, mesquinho, frente à generosidade e à força da natureza. No entanto, a dinâmica que vemos entre o menino e a árvore fala também da passagem do tempo e dos valores que são reavaliados com ela. A árvore ensina, por meio do afecto, uma relação de troca sincera e desinteressada – essa que o homem parece desaprender com as exigências da vida adulta.  Beth Amos

DETALHES


TEXTO: Shel Silverstein

ILUSTRAÇÃO: Shel Silverstein

FORMATO: 213x198mm

PÁGINAS: 56

ISBN: 978-989-8166-00-5

PREÇO: 13.93 €